e A busca pelo Paititi - onde estaria o tesouro perdido Inca ~ Diário do Moretti
Facebook

terça-feira, 6 de outubro de 2015

A busca pelo Paititi - onde estaria o tesouro perdido Inca



Brasil, últimas décadas do século XVI. Uma terra ainda desconhecida, em sua maior parte inexplorada, cercada de mistérios e mitos. Terreno fértil para toda a sorte de aventureiros oriundos do Velho Mundo em busca de fortuna fácil. Durante o primeiro século da conquista, os europeus devastaram as matas atrás do precioso pau-brasil ou de animais exóticos para serem traficados. Quando não estavam em busca de riquezas naturais, promoviam incursões armadas a aldeias indígenas para capturar os chamados “Negros da Terra”, os escravos nativos que iriam fornecer a mão de obra necessária ao mercantilismo lusitano. Nesse cenário nada auspicioso, de olhares desconfiados, espadas afiadas sempre prontas para serem desembainhadas à menor provocação, traições e escaramuças em cada curva do caminho, é que se passa a trama de Os Conquistadores, o novo livro de Marco Moretti.
O romance narra a jornada épica de um grupo de sertanistas pelo coração da Terra de Santa Cruz em busca do Grande Paititi, o lugar onde estaria escondido o lendário tesouro perdido inca. Capitães-gerais cegos de ambição, um frade jesuíta perdido entre a fé vacilante e os impulsos de liberdade inspirados pelo exuberante cenário do Novo Mundo, um jovem indígena destemido e intrépido, imbuído de uma missão enigmática, um velhote fanático e aparentemente louco, que parece ocultar um segredo inconfessável, um alferes que procura pistas do irmão perdido em uma expedição desaparecida nas entranhas da selva, um muçulmano que carrega lembranças incômodas do passado, além de escrivães, mamelucos e degredados dispostos a quaisquer baixezas para obter ouro e riquezas. Esses são alguns dos personagens dessa saga que leva o leitor a uma impressionante aventura pelo interior de nosso país, através do lendário caminho do Peabiru, a mítica trilha dos índios tupiniquins. 
Em meio à viagem, esses homens ambiciosos e sedentos de glória e fortuna a qualquer preço terão de transpor uma série de obstáculos (conflitos com tribos hostis, doenças letais, feras e a barreira natural do clima e do relevo), encarar acontecimentos estranhos, por vezes terríveis, por vezes bizarros, por vezes maravilhosos, e, sobretudo, o mal disseminado no âmbito da própria expedição e que acabará por conduzi-los ao encontro da perdição e da morte. Uma jornada fantástica e surpreendente, em que nada é o que parece ser e na qual os fatos revelam-se muito mais estranhos do que podemos sequer imaginar.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Blogger Templates